Contribuir para a melhor qualidade de vida dos participantes. Essa é a principal função do SEBRAE PREVIDÊNCIA. Conhecê-los de perto e construir um relacionamento duradouro com cada um deles faz parte da nossa filosofia. Por isso, e em comemoração aos 15 anos do Instituto, entrevistamos alguns participantes para demonstrar essa relação. Confira!

Anne Elizabeth Silva Marques, do SEBRAE MG, é a participante

mais jovem do Plano SEBRAEPREV. Com apenas 18 anos, ela fez sua

adesão logo que foi contratada. "Quando ainda era estagiária, já tinha

ouvido falar sobre a previdência privada oferecida pelo SEBRAE PREVIDÊNCIA", comentou. "Meus pais são aposentados e dependem apenas do INSS. Minha família já viveu situações delicadas que me fizeram refletir a respeito do assunto. Por isso, não quis deixar para depois e passei a investir no meu futuro desde já", relembrou.

 

​Apesar da pouca idade, Anne tem consciência do quão importante é o investimento para a aposentadoria desde cedo. "As pessoas deixam sempre tudo pra depois. Já eu penso que, quando chegar lá na frente, vou ter segurança, independente do que aconteça", disse. "Até lá, a política do país pode tomar um rumo diferente ou mesmo emergências podem surgir, mas estarei segura", explicou.

 

A participante aproveitou e mandou também um recado aos jovens que

ainda não planejam a aposentadoria, como faz ela. "O futuro vai

chegar, querendo você ou não. O que vai definir se ele vai ser

bom ou ruim é você", refletiu. E concluiu: "O SEBRAE

PREVIDÊNCIA me dá total assistência e me deixa muito

bem informada sobre o meu investimento. Cada passo

que a gente dá, a gente sabe. E isso me ajuda a escolher

o melhor caminho. Que continue assim".

Rafael Lovera de Araújo é o participante mais recente do Plano SEBRAEPREV. Contratado no final de 2018 pelo SEBRAE RS, ele fez sua adesão quase que imediatamente. "Já tinha previdência complementar em outra empresa e conhecia os seus benefícios", citou. "Ao entrar para o SEBRAE, analisei o SEBRAE PREVIDÊNCIA e a rentabilidade dos investimentos chamou minha atenção. Não tive dúvidas", exclamou.

 

O participante ainda conhece pouco o Instituto, mas relatou suas expectativas.

De maneira geral, qualquer pessoa que está numa posição de investidor

espera o máximo possível de profissionalismo com relação aos recursos,

além de seriedade e competência da equipe técnica", declarou.

"Acho importante que os empregados sejam especialistas para oferecerem

o melhor resultado possível nas aplicações, afinal o investimento

(e consequentemente, o trabalho) de muitas pessoas está em suas mãos", refletiu.

Rafael, que tem 28 anos, considera importante começar a pensar, o quanto antes,

em ter uma reserva que garante segurança para o futuro. "Saber que estou construindo um patrimônio para usufruir a longo prazo me deixa mais confortável", concluiu.

Dalton Ferraço (na foto ao lado, com a esposa Regina) é assistido do Plano SEBRAEPREV

e foi o primeiro participante a solicitar o benefício. "Fiz a adesão em 2005, assim que

ela foi liberada. Na época, o Instituto permitiu que os empregados antigos fizessem

a contribuição do período passado", relembrou. “Então, depois de 30 anos de

atividade no Sistema SEBRAE, me aposentei em 2006”, comentou.

 

Dalton considerou que fez um bom investimento ao contribuir para a previdência

complementar no Plano SEBRAEPREV. "Para começar, a contribuição já rende

100%, tendo em vista que o SEBRAE entra com a contrapartida do empregado.

Até agora, o Instituto tem feito uma boa gestão na aplicação dos nossos fundos",

avaliou.

 

E qual a importância do benefício complementar na sua vida e para a sua família? A essa

questão, o aposentado respondeu: "O SEBRAEPREV foi instituído no momento em que passei

por sérios problemas de saúde e tive que sair do SEBRAE ES. Ter o benefício da aposentadoria complementar foi, e continua sendo, uma garantia de tranquilidade financeira na minha vida e da minha família."

 

Dalton disse ainda que realizou sonhos depois de se aposentar. "Fiz viagens internacionais e comprei uma casa na praia. Como diz um amigo, estou vivendo de ‘armarinho’ (ar marinho)", brincou.

 

Àqueles que ainda não enxergam na previdência complementar um importante benefício para a qualidade de vida no futuro, ele mandou um recado: "Planejar o futuro tem que ser agora. O tempo passa rápido. A previdência oficial não consegue mais cobrir os custos da população que está envelhecendo. As pessoas estão vivendo mais e aumentando as despesas do Governo com previdência."

 

E finalizou parabenizando o SEBRAE PREVIDÊNCIA pelos seus 15 anos, bem como a administração e seus colaboradores, que sempre o atendem com presteza e atenção.

Nosso maior

patrimônio

participantes

O Plano

SEBRAEPREV

Evolução do nº de Participantes

Conselho Deliberativo:

Evandro Santos Nascimento (NA) (Presidente)
Jose Ferreira de M. Neto (RN) (Vice-presidente)
Maristela de Oliveira França (MS)
José Gava Neto (PR)
Airton Gonçalves Junior (CE)
Manoel Antonio Vieira Alexandre (AB)
André Luis da SIlva Dantas (NA)

Conselho Fiscal:

Tereza Fátima de Arruda Krauz (MS)
(Presidente)
Alessandro Flavio B. Chaves (MG)
(Vice-presidente)
Vitor Roberto Tioqueta (PR)
José Roberval C. da Silva Gomes (AL)

Diretoria Executiva:

Edjair de Siqueira Alves
(Diretor-Presidente)
Nilton Cesar da Silva
(Diretor de Seguridade)
Victor Hohl
(Diretor de Adm. e Investimentos)

Analista Responsável:
Viviane Araújo

Desenvolvimento:
Plus Interativa

Fotos:
Arquivos pessoais e banco de imagens (Freepik)

  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco